vectraclube
vectraclube
Ler mensagens sem resposta | Pesquisar por tópicos ativos Bem-vindo: Sáb Abr 19, 2014 4:34 pm



Responder  [ 10 mensagens ] 
 Avaliação do vectra "webmotors". 
Autor Mensagem
Vectra Clube
Avatar do usuário

Registrado em: Sex Jul 23, 2010 9:20 pm
Mensagens: 89
Localização: Assis Chateaubriand - Paraná
Mensagem Avaliação do vectra "webmotors".
Desculpe se alguem já postou eu não vi.... mais achei interessante a reportagem e decidi compartilhar com a galera!!

Vectra é avaliado na Oficina
Modelo da Chevrolet é robusto, mas tem seus defeitos
(19-10-10) – Há tempos os internautas manifestam interesse em ouvir a opinião dos reparadores e integrantes do Conselho Editorial sobre a família
http://www.webmotors.com.br/wmpublicado ... hnid=43073 Vectra da última geração, produzidos após outubro de 2005. O modelo lidera consecutivamente há anos o ranking de carro dos sonhos do reparador na pesquisa anual da Cinau (Central de Inteligência Automotiva). Para acabar com a curiosidade, avaliamos o modelo de entrada Expression equipado com motor 2.0 8v Flexpower de 140 cv de potência, ano 2009, com 28.356 mil km rodados no Auto Elétrico Torigoe.

Questionado sobre o estado geral das unidades que frequentaram a oficina nos últimos meses, o engenheiro elétrico Sergio Seihiti Torigoe comenta que “os maiores problemas enfrentados com o Vectra e na linha Chevrolet não fica por conta da falta de qualidade dos componentes, mas sim na demora em conseguir encontrar as peças de reposição na rede autorizada. Se em São Paulo é assim, fico imaginando como os colegas reparadores do restante do Brasil estão sendo atendidos”.

Os principais motivos da ida do veículo à oficina foi à luz de anomalia do airbag acesa no painel, a quebra do cinzeiro interno em formato de copo, o cubo miolo da chave e o retrovisor interno que descolou do vidro.

Motor

O motor 2.0 8v Flexpower de 140 cv de potência que equipa a unidade avaliada é derivado de um projeto antigo, porém, reformulado internamente por diversas vezes para melhora do consumo de combustível, desempenho e emissão de gases poluentes.

Curiosamente uma frase comum de ser ouvida quando o capo é aberto é: “este motor é o mesmo do Monza”, o que na prática é um pecado dizer isso. Entre as principais melhorias podemos citar o comando de válvulas roletado detentor da tecnologia LFVT (Low Friction Valvetrain) – de baixo atrito, o coletor de admissão em material plástico com superfície interna controlada e 30% mais leve em comparação ao anterior feito de alumínio, coletor de escapamento dimensionado em aço inoxidável, nova programação da ECU, adoção de óleo 5W30, entre outras.

Pode ser que dentro de um breve período sejamos surpreendidos pela moderna família de motores Ecotec, encontrados no modelo Cruze, que possivelmente será o substituto do Vectra, mas isto é assunto para as futuras edições do Jornal Oficina Brasil.
O motor avaliado foi duramente criticado quanto à incidência de vazamento de óleo. “Este é um ótimo motor, mas vaza por todos os lados! É capaz de encontrar óleo até no certificado”, comenta Danilo Tinelli da Auto Mecânica Danilo.

Os principais pontos vulneráveis ao surgimento de vazamentos são tampa de válvulas, anel o’ring da tampa da bobina, filtro de óleo, retentor dianteiro do virabrequim e comando de válvulas, mancal traseiro do motor e interruptor de pressão do óleo (cebolinha). Após os reparos, o óleo lubrificante recomendado deve possuir a viscosidade 5W30, de classificação API SJ ou superior com base mineral no total de 4,5 litros incluindo o filtro. A troca é recomendada a cada 5 mil km ou 6 meses, o que ocorrer primeiro.

Os reparadores do Conselho Editorial recomendam a utilização do original ACDelco para evitar problemas futuros relacionados a formação de borra de óleo e deficiência na lubrificação, visto a fórmula dos aditivos deste lubrificante serem projetados para as necessidades da família GM. “É muito comum vermos os Vectras mais rodados com fortes ruídos na parte superior do motor, relacionados ao desgaste prematuro dos tuchos e cames do comando de válvulas”, comenta o engenheiro mecânico e conselheiro editorial Paulo Aguiar da Engin Engenharia Automotiva.

Assim como ocorrido nos Chevrolet Meriva 1.8, o corpo de borboletas do Vectra também poderá apresentar problemas no potenciômetro, porém, com menor incidência. A causa está relacionada com a formação de crostas oriunda dos vapores de óleo do motor trazidos pelo respiro. Esta crosta por sua vez inibe a livre abertura da borboleta por parte do motor elétrico, ocasionando funcionamento irregular e até mesmo a quebra. Segundo Tinelli, os reparadores costumam efetuar apenas a limpeza do corpo, mas se esquecem de limpar também o próprio respiro e trocar o óleo de motor e filtro.

Um problema que está se tornando comum de ocorrer na família de motores Chevrolet Flexpower está relacionado à utilização prolongada do combustível álcool. Caso o prazo para a verificação ou troca das velas de ignição seja ultrapassado, elas poderão ficar grudadas no cabeçote. O Conselheiro André Bernardo da oficina Design enfrentou o mesmo problema em seu Vectra GT-X 2008, de construção semelhante ao modelo avaliado. Ele adquiriu o veículo de segunda mão com 55 mil km rodados, sendo que as velas ainda eram originais.

No momento de removê-las, por pouco as roscas no cabeçote não ficaram comprometidas. As velas recomendadas são da fabricante NGK, código BPR7E, com 0,8 a 0,9mm de abertura entre o eletrodo massa e central.

O Conselheiro Francisco Carlos de Oliveira, da oficina Stilo Motores teve que trocar o sensor de rotação em três Vectras de diferentes clientes. A dificuldade está em ter a certeza da falha na peça, pois as conseqüências quando defeituoso são falhas intermitentes, que permitem o funcionamento do motor normalmente na maioria do tempo.

O sistema de arrefecimento costuma apresentar o emperramento precoce da válvula termostática e pane na ventoinha elétrica. O manual da Chevrolet recomenda a troca do líquido a cada cinco anos ou 150 mil km rodados, porém o Conselho Editorial alega que na prática este prazo ocasiona muitos danos ao motor Flexpower, como ferrugem. No momento da troca, dê preferência ao original ACDelco orgânico a base de etilenoglicol de coloração alaranjada, na proporção de 35% a 50% de aditivo, completando o restante com água desmineralizada, no total de sete litros da mistura.

Ao virar o contato de ignição foi possível constatar que o alerta sobre a necessidade de inspeção estava ativo, sob os dizeres InSP no visor acima do odômetro total. Para zerar este aviso que após mil km rodados força a injeção a operar em modo emergência, entregando baixo desempenho e alto consumo de combustível, proceda da seguinte maneira:

1º passo: com a chave de ignição ligada no primeiro estágio, selecione o odômetro parcial;

2º passo: desligar e ligar a chave de ignição para que a palavra InSP apareça;

3º passo: pressione o botão do odômetro e permaneça desta maneira. Desligue e ligue a chave de ignição;

4º passo: o odômetro irá piscar e depois surgirá uma série de traços. Isto significa que a sigla InSP indicadora de manutenção foi zerada.

Transmissão

O modelo avaliado estava equipado com caixa automática e nenhuma anomalia foi detectada. Segundo Carlos Napoletano Neto, da Brasil Automático, empresa especializada na manutenção e cursos sobre transmissões automáticas, a caixa que equipa os Chevrolet Vectra automáticos produzidos de outubro de 2005 em diante é uma AW 50-42 de 4 velocidades à frente, totalmente eletrônica, com controle do neutro (Neutral Control), ou seja, quando o condutor pisa no freio e o veiculo pára, a transmissão vai para neutro, mesmo que a alavanca permaneça em D, pois o módulo comanda esta função que visa atender as leis e exigências sobre emissões de gases poluentes.

O fabricante desta caixa é a Aisin Warner do Japão, e o fluido recomendado é o Dexron III ou original Dexron III-E ACDelco, no total de 8,6 litros, sendo 2,8 litros somente para o conversor e o restante para alimentação da caixa, tubulações e radiador, que é incorporado também ao radiador do sistema de arrefecimento do veículo. Segundo a Chevrolet, o período de troca do fluído é de 40.000 km. O filtro não necessita ser trocado na manutenção normal devido a ser incorporado à transmissão, ou seja, ele está embutido na carcaça e somente em caso de reforma da caixa deve-se trocá-lo.

Esta caixa possui as funções inverno, que habilita o veículo a sair em 2ª marcha caso o piso esteja escorregadio, sendo acionada por uma tecla no console do carro. Existe também a opção econômica (normal) e esportiva. Esta última estica mais as marchas, permitindo que o veículo tenha um desempenho mais forte. Ela é acionada pela tecla S do painel.

Freios, direção e suspensão

O modelo avaliado possui freios a disco nas rodas dianteiras e a tambor nas traseiras, com sistema de segurança antitravamento ABS. Segundo o conselheiro Tinelli, “é preciso ter muito cuidado no momento de remover o cavalete da pinça de freio dianteira, que espana fácil na região da rosca. Na dúvida, após a desmontagem insira um parafuso do tipo ‘macho’ de mesmo passo para a limpeza e alinhamento dos fios de rosca.

A direção possui auxílio hidráulico e requer fluido do tipo Dexron II. De elevada robustez, os problemas mais comuns estão relacionados a vazamentos. O sistema de suspensão dianteira do Vectra avaliado é semelhante à antiga versão, produzida entre 2000 a setembro de 2005, porém, o conjunto traseiro regrediu para diminuição dos custos. No Vectra antigo figurava o sistema independente “Multilink”, de superior desempenho. A versão atual conta com o sistema semi-independente, de inferior desempenho, mas de superior simplicidade e facilidade de manutenção.

Como em todo sedã médio, os amortecedores e as buchas do quadro poderão apresentar folgas precoces dependendo das condições de piso por onde o veículo costuma trafegar. Poderá ocorrer também a presença de barulhos na parte dianteira. Um item que confunde o reparador é o batente superior da torre, pois dificilmente esta peça é analisada. Ele possui uma canaleta na região de encosto com o monobloco, e caso ela esteja com altura inferior a 9 mm, troque-a. Outro vilão é a bieleta, que também poderá gerar ruídos em piso irregular após chegar no final da vida útil.

_________________
Monza SL/e, 2.0 alcool, 1992, Completo, rodas 15" vectra GSi, freio a disco nas 4 rodas.
Album de Fotos: http://img15.imageshack.us/g/p2230032t.jpg/

Imagem Prefiro subir quadrado do que descer redondo!!!


Sáb Out 23, 2010 12:48 pm
Perfil
Vectra Clube
Avatar do usuário

Registrado em: Dom Abr 19, 2009 10:19 pm
Mensagens: 180
Localização: São Paulo/SP
Mensagem Re: Avaliação do vectra "webmotors".
Citação:
Para zerar este aviso que após mil km rodados força a injeção a operar em modo emergência, entregando baixo desempenho e alto consumo de combustível, proceda da seguinte maneira:

1º passo: com a chave de ignição ligada no primeiro estágio, selecione o odômetro parcial;

2º passo: desligar e ligar a chave de ignição para que a palavra InSP apareça;

3º passo: pressione o botão do odômetro e permaneça desta maneira. Desligue e ligue a chave de ignição;

4º passo: o odômetro irá piscar e depois surgirá uma série de traços. Isto significa que a sigla InSP indicadora de manutenção foi zerada.

Não sabia disso. Vou testar amanhã.

_________________
Vectra "Aiowww Silver" GT-X 09/10


Sáb Out 23, 2010 6:29 pm
Perfil
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: Seg Jul 12, 2004 1:41 am
Mensagens: 7540
Localização: Brasília/DF
Mensagem Re: Avaliação do vectra "webmotors".
Vrum Vrum escreveu:
Citação:
Para zerar este aviso que após mil km rodados força a injeção a operar em modo emergência, entregando baixo desempenho e alto consumo de combustível, proceda da seguinte maneira:

1º passo: com a chave de ignição ligada no primeiro estágio, selecione o odômetro parcial;

2º passo: desligar e ligar a chave de ignição para que a palavra InSP apareça;

3º passo: pressione o botão do odômetro e permaneça desta maneira. Desligue e ligue a chave de ignição;

4º passo: o odômetro irá piscar e depois surgirá uma série de traços. Isto significa que a sigla InSP indicadora de manutenção foi zerada.

Não sabia disso. Vou testar amanhã.



Durante anos tentamos ( GM ) manter isso internamente e dps colocam na mídia..... Com esse processo você apagaa msg de revisão, fazendo com que o proximo dono acredite que o carro esteja com todas as revisões em dia! .... em relação á matéria, julguei bem redigida e sem tendencionismo!

[ ]'s

_________________
Imagem


Sáb Out 23, 2010 7:28 pm
Perfil
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: Dom Out 31, 2004 3:55 pm
Mensagens: 4133
Localização: Minas Gerais
Mensagem Re: Avaliação do vectra "webmotors".
Bem redigida, porem superficial.


Enalteceu pouco as qualidades e também não deu destaque pros defeitos mais comuns.


Poderia ter falado da boa média de consumo e da segurança que o carro proporciona. Poderia ter falado mais dos opcionais e da relacao custo x beneficio perante os rivais, do bom espaço interno, do excelente porta-malas..enfim..

Nos defeitos, poderiam ter citado os ruidos internos, os bancos dianteiros de pessima ergonomia, a embreagem sub dimensionada para o veiculo, o carpete de má qualidade, entre outros.

_________________
 

VECTRA: você vai entender quando tiver unS


Sáb Out 23, 2010 10:12 pm
Perfil Visitar website do usuário
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: Seg Jul 12, 2004 1:41 am
Mensagens: 7540
Localização: Brasília/DF
Mensagem Re: Avaliação do vectra "webmotors".
Bruno2000 escreveu:
Bem redigida, porem superficial.


Enalteceu pouco as qualidades e também não deu destaque pros defeitos mais comuns.


Poderia ter falado da boa média de consumo e da segurança que o carro proporciona. Poderia ter falado mais dos opcionais e da relacao custo x beneficio perante os rivais, do bom espaço interno, do excelente porta-malas..enfim..

Nos defeitos, poderiam ter citado os ruidos internos, os bancos dianteiros de pessima ergonomia, a embreagem sub dimensionada para o veiculo, o carpete de má qualidade, entre outros.


Brunão,

A reportagem possui o intuito de avaliar o novo Vectra e não compará-lo aos concorrentes exaltando isso ou aquilo! Se assim o fizesse, seria apenas mais uma nota sobre o carro....realmente não entraram em mts detalhes, mas a massa em si que ler é isso ae mesmo! O que os mecânicos acham do carro, defeitos mais comuns e tal.....ficou dentro do esperado! Até me surpreendeu ao não condenar o motor da barca!

[ ]'s

_________________
Imagem


Dom Out 24, 2010 11:50 am
Perfil
Vectra Clube

Registrado em: Sex Ago 08, 2008 1:49 pm
Mensagens: 294
Localização: São Paulo - SP
Mensagem Re: Avaliação do vectra "webmotors".
A matéria possui um erro, pois o Expression não tem nem como opcional os freios ABS.

_________________
No aguardo...


Seg Out 25, 2010 12:31 am
Perfil
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: Seg Jul 12, 2004 1:41 am
Mensagens: 7540
Localização: Brasília/DF
Mensagem Re: Avaliação do vectra "webmotors".
zarmur escreveu:
A matéria possui um erro, pois o Expression não tem nem como opcional os freios ABS.


O carro utilizado foi um exemplar 2009.....dps vou baixar as especificaçõs técnicase posto aqui no forum! Mas tbm acredito que não tenha ABS....

[ ]'s

_________________
Imagem


Seg Out 25, 2010 11:05 am
Perfil
Vectra Clube
Avatar do usuário

Registrado em: Dom Abr 19, 2009 10:19 pm
Mensagens: 180
Localização: São Paulo/SP
Mensagem Re: Avaliação do vectra "webmotors".
Challenge escreveu:
Vrum Vrum escreveu:
Citação:
Para zerar este aviso que após mil km rodados força a injeção a operar em modo emergência, entregando baixo desempenho e alto consumo de combustível, proceda da seguinte maneira:

1º passo: com a chave de ignição ligada no primeiro estágio, selecione o odômetro parcial;

2º passo: desligar e ligar a chave de ignição para que a palavra InSP apareça;

3º passo: pressione o botão do odômetro e permaneça desta maneira. Desligue e ligue a chave de ignição;

4º passo: o odômetro irá piscar e depois surgirá uma série de traços. Isto significa que a sigla InSP indicadora de manutenção foi zerada.

Não sabia disso. Vou testar amanhã.



Durante anos tentamos ( GM ) manter isso internamente e dps colocam na mídia..... Com esse processo você apagaa msg de revisão, fazendo com que o proximo dono acredite que o carro esteja com todas as revisões em dia! .... em relação á matéria, julguei bem redigida e sem tendencionismo!

[ ]'s

Funcionou perfeitamente, mas basta ele pegar o manual e verificar os carimbos.
No meu não tem. Nem de óleo (troquei no posto), nem da revisão (perdi o prazo e agora só levo quando chegar nos 10.000 km).

_________________
Vectra "Aiowww Silver" GT-X 09/10


Seg Out 25, 2010 1:18 pm
Perfil
Vectra Clube

Registrado em: Sáb Fev 24, 2007 4:02 pm
Mensagens: 1090
Localização: rj
Mensagem Re: Avaliação do vectra "webmotors".
Vrum Vrum escreveu:
Funcionou perfeitamente, mas basta ele pegar o manual e verificar os carimbos.
No meu não tem. Nem de óleo (troquei no posto), nem da revisão (perdi o prazo e agora só levo quando chegar nos 10.000 km).


Perdeu a garantia né? Vale realmente a pena perder a garantia total de 3 anos por uma "economia"?


Seg Out 25, 2010 1:41 pm
Perfil Visitar website do usuário
Vectra Clube
Avatar do usuário

Registrado em: Dom Abr 19, 2009 10:19 pm
Mensagens: 180
Localização: São Paulo/SP
Mensagem Re: Avaliação do vectra "webmotors".
Foi desatenção mesmo. Como já tinha passado de 1 ano (1 mês), agora vou levar só quando completar 10.000 km.

_________________
Vectra "Aiowww Silver" GT-X 09/10


Seg Out 25, 2010 7:57 pm
Perfil
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Responder   [ 10 mensagens ] 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Google [Bot] e 3 visitantes


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Procurar por:
Ir para:  
Powered by phpBB Group Designed by STSoftware Traduzido por: Suporte phpBB

Editado pela equipe VectraClube do Brasil.